Usamos cookies para criar o site mais seguro e eficaz possível para nossos clientes. Detalhes completos podem ser encontrados aqui.

Composite2

Composites3

Composites4

Composites5

Compósitos

Corte compósitos com jato de água

Os compósitos atuais se apresentam em muitas formas, incluindo plástico reforçado com fibra de carbono (CFRP, na sigla em inglês); fibra de vidro e espumas compostas, plásticos, papel ou metal. Uma erosão supersônica de jato de água com abrasivo pode cortar quase todos os tipos de materiais, e a baixa força de contato elimina a necessidade de ferramentais volumosos. O jato de água finamente concentrado corta com segurança e precisão em qualquer direção com minúcia incrível. O equipamento de corte com jato de água da Flow raramente causará rachaduras, desgaste ou delaminação. 

O melhor corte

Visto que os jatos de água com abrasivo cortam por ação erosiva em vez de por fricção e cisalhamento, eles proporcionam um corte com acabamento liso e suave, livre de áreas desgastadas ou delaminadas. Isso minimiza a necessidade de acabamento secundário. Os equipamentos de corte com jato de água da Flow podem usinar e perfurar, eliminando ferramentas caras de diamante, zonas termicamente afetadas e suportes complicados de peças.

Entalhamento mínimo

Cortar compósitos de 25 cm ou 0,079 cm de espessura com a mesma  ferramenta. A maioria dos equipamentos de corte com jato de água e abrasivo da Flow têm de 0,76 a 1 cm de diâmetro, e os equipamentos de corte com jato de água pura têm aproximadamente 0,001 cm de diâmetro.

Principais benefícios do corte de compósitos com o jato de água

  • Aumento da produtividade, corte rápido e peças de alta qualidade
  • Sem delaminação, rebarbas ou puxamento de fibras durante o corte
  • O entalhamento mínimo permite detalhes incríveis
  • Economia de matéria-prima (redução das sobras)
  • Baixo custo operacional: os orifícios do jato de água e os bocais de foco abrasivo necessitam de substituição ocasional
  • Corte multidirecional mesmo em cantos internos estreitos
  • Não há necessidade de uma fixação sistemática das peças; forças mínimas laterais ou verticais
  • Corte de passagem única, dependendo da espessura do material
  • Sem dano térmico
  • Corte livre de poeira
  • Corte final ou próximo ao final (near-net) ou sem acabamento manual
  • Ferramental mais leve, flexível e com custos reduzidos